Velozes e furiosos Hobbs e Shaw | Crítica sem spoiler

Screenshot 20190806 0045552 - Velozes e furiosos Hobbs e Shaw | Crítica sem spoiler

É parece que a franquia de ação mais longa e sem limites do cinema, começou a se ramificar e ganhou seu primeiro spin-off. O longa é focado nos parceiros inesperados Hobbs (Dwayne Johnson) e Shaw (Jason Statham) que precisam se unir contra uma nova ameaça.

Screenshot 20190806 0046552 300x141 - Velozes e furiosos Hobbs e Shaw | Crítica sem spoiler

E o roteiro?

Se você quer assistir alguma coisa pra te fazer refletir, ou te deixar perplexo, filme errado. Esse aqui é mais focado em ação frenética, mas com várias nuances no decorrer do filme, temos humor pastelão, um pouco de espionagem, um pouco de ficção científica, um pouquinho de tudo que faz sucesso no cinema mais voltado para os homens, sim claramente é mais direcionado para o gosto do público masculino, segue a linha de Transformers e lembra um pouco os filmes de ação mais antigos ao estilo Rambo.
Mas focando no roteiro, você literalmente perde o foco, pois o filme atira para todos os gêneros mas só acerta mesmo na ação e na galhofa que depois de um certo ponto beira o ridículo, se não fosse tão frenetico e bem embalado nas cena de luta, seria bem triste.

Leia também:

Vingadores Ultimato | Irmãos Russo explicam 3 furos no roteiro

Screenshot 20190806 0049092 300x216 - Velozes e furiosos Hobbs e Shaw | Crítica sem spoiler

Mas as atuações estão boas?

Então aqui vemos um bom exemplo de astros de ação, que não precisam atuar bem, precisam se sair bem em uma cena de ação e esse mérito não pode ser tirado de seus protagonistas, tem muita luta e sabemos do potencial do Jason Statham nas cenas de briga coreografadas, enquanto ao Dwayne Johnson, bom ele é o The Rock e vemos aqui seu lado mais monstro muito bem explorado, inclusive tem uma cena que mostra ambos lutando mas cada um no seu forte, que realmente diverte. Sem falar no vilão que Idris Elba tira de letra pois foi só abraçar a galhofa e assumir o quão absurdo era esse personagem, que eu diria, é o grande triunfo do filme, fora que a química dos três personagens em cena era maravilhosa, você fica ansioso para vê-los juntos novamente.

Screenshot 20190806 0049282 300x162 - Velozes e furiosos Hobbs e Shaw | Crítica sem spoiler

Vale crítica?

Se for pra avaliar esse filme levando ele a sério, não sairia de um 5.5 mas, olhando pelo lado da diversão garantida e avaliando as cenas de ação bem dinâmicas e empolgantes, junto com o carisma dos protagonistas que somam mais uns pontinhos, daria pra dar um belo e merecido 7.2 para o filme, pois diverte mas sinceramente quando acaba e você vai pensar, o que vem na cabeça é: o que eu acabei de assistir? Então esteja avisado esse filme beirou o absurdo mas foi muito divertido.

Compartilhe esse post nas suas redes sociais

Geek,viciada em cultura pop, cinéfila de carteirinha, apaixonada por HQs orgulho de ser nerd.

Curtiu esse post? Deixe um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.